Páginas

7

Mensagem aos PAIS


Sei que o dia dos pais já passou, mas esse texto sobre paternidade realmente tocou meu coração e resolvi compartilhar com vocês:



A paternidade é uma missão honrosa. É mais fácil ser um profissional de sucesso do que ser um pai exemplar. Muitos homens que galgaram o apogeu da fama fracassaram nesta área vital da vida. Muitos até mesmo construíram o seu sucesso sobre os escombros da própria família. Nenhum sucesso compensa o fracasso da família. Nenhum sucesso traz alegria maior do que ver os filhos ajustados, felizes e unidos. Qualquer sacrifício deve ser feito para educar os filhos e encaminhá-los vitoriosamente na vida.


Por que o pai é um homem especial? Quais devem ser seus atributos? Quais devem ser as causas pelas quais ele deve lutar? Como o pai pode ser um homem especial?

Em primeiro lugar, sendo um marido sensível e amoroso. O maior presente que um pai pode dar a um (a) filho(a) é amar seu cônjuge. Quando investimos no casamento, estamos investindo também nos filhos. Nada machuca tanto os filhos como o naufrágio do casamento dos pais. O casamento estável dos pais traz segurança para os filhos. Por outro lado, o divórcio dos pais, dói mais nos filhos do que nos cônjuges que se separam. Há cônjuges que além de acabar com o casamento, também se divorciam dos filhos. Mesmo que a relação conjugal, por fatores vários, tenha chegado ao seu fim, os pais precisam, ainda mais, se desdobrarem para cumprir sua nobre e intransferível missão.

Em segundo lugar, sendo paciente e compreensivo com os filhos. O apóstolo Paulo orienta os pais a não provocar seus filhos à ira (Ef 6.4). Um pai pode provocar os filhos à ira quando é incoerente em suas atitudes. Quando exige uma coisa dos filhos e ele mesmo não pratica o que exige. Um pai pode provocar os filhos à ira quando é inconsistente na aplicação da disciplina. Os filhos precisam ter limites claros. Eles não podem ser elogiados e disciplinados pela mesma causa. Isso gera insegurança neles. O pai precisa dosar disciplina com encorajamento. Ele precisa ser firme e doce ao mesmo tempo.

Em terceiro lugar, sendo um líder espiritual na sua casa. Deus deu ao homem a responsabilidade e o privilégio de liderar espiritualmente a família. Cabe a ele o cuidado espiritual da esposa e dos filhos, pois aquele que não cuida da sua própria casa é pior do que o incrédulo. Ele, à semelhança de Jó, precisa ser o sacerdote do seu lar, um intercessor e o conselheiro dos filhos (Jó 1.5). A missão de criar os filhos na disciplina e na admoestação do Senhor é uma atribuição dada aos homens (Ef 6.4). Cabe ao marido governar bem a própria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo respeito (1Tm 3.4).

Em quarto lugar, sendo o discipulador dos filhos. Os filhos precisam mais do que de provisão, eles necessitam de exemplo e capacitação. O exemplo não apenas uma forma de ensinar, mas a única eficaz. Os pais são espelho para os filhos. Para que um espelho exerça sua função precisa ser limpo, plano e iluminado. Os pais ensinam mais pelo testemunho irrepreensível do que por discursos inflamados. A vida fala mais alta do que palavras. Mas, um discipulador também transmite conhecimento, experiência e vida. Os pais precisam ter tempo para os filhos. Precisa construir e manter aberto o canal de comunicação com os filhos. Os pais precisam ser amigos dos filhos. Eles precisam ser o maior referencial de uma vida digna para os filhos. Um pai vitorioso é aquele cujos filhos têm alegria de imitá-lo.

Que o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o nosso supremo exemplo de paternidade nos ajude a desempenhar com fidelidade, amor e grande zelo este sublime ministério da paternidade, para a glória do seu próprio nome, felicidade da família e edificação da igreja.
Rev. Hernandes Dias Lopes


E o que mais me deixa feliz é saber que meu marido cumpre muito bem todos esses requisitos. É por isso que tenho certeza que ele é sim o melhor pai do mundo para meus filhos, afinal foi Deus Quem o escolheu!

Olha aqui o paizão todo feliz e orgulloso no día dos pais

7 comentários: